Calendário Concursos

a - Abertura
f - Fecho

FIA- Feira Internacional de Argel

De 27.05.2015 a 01.06.2015
  • Qualificação|Internacionalização PME , Feira , Argélia , Macau

Já se encontram abertas as inscrições para a participação de Portugal na FIA- Feira Internacional de Argel que a aicep Portugal Global irá organizar em 2015.

As inscrições estão abertas até dia 13 de Fevereiro.

Logo | FIA
Logo | FIA

No âmbito do plano de promoção para o ano 2015 e da candidatura apresentada ao QREN, Programa Compete- Programa Operacional Fatores de Competitividade, a aicep Portugal Global irá dinamizar a participação nacional e organizar o pavilhão de Portugal na FIA - Feira Internacional de Argel, que decorrerá em Argel de 27 de Maio a 1 de Junho de 2015.
 
A FIA é uma feira multi-sectorial anual que constitui o maior evento comercial com dimensão internacional na Argélia.

RoadShow: O uso eficiênte da água e a eco-inovação na industria - Aveiro

De 27.05.2015 a 27.05.2015
  • Acções Colectivas , Seminário

O ecossistema industrial português está a mudar. Está a responder aos desafios da economia sustentável conciliando competitividade com racionalização de recursos e de processos.

O ecossistema industrial português está a mudar. Está a responder aos desafios da economia sustentável conciliando competitividade com racionalização de recursos e de processos. São cada vez mais as PME industriais que, tendo apostado na eficiência energética, estão agora a inscrever a água e a inovação na sua agenda da produtividade. Aprenda com elas e saiba como a AEP, com os projetos efidric e ecoprodutln, está a ajudar a indústria a ser mais ecoeficiente.

 

Programa

14:00 – Receção aos Participantes

14:20 – Sessão de Abertura e Boas Vindas
             Eugénia Castro de Sousa - AEP - Associação Empresarial de Portugal

PAINEL I – ÁGUA, INDUSTRIA E SUSTENTABILIDADE

14:30 – Programa Nacional para o Uso Eficiênte de Água
             Agência Portuguesa do Ambiente

14:50 – Projeto Efidric - Eficiência Hídrica na Indústria
             Mª Conceição Vieira –- Consultora da AEP no projeto Efidric

15:10 – Rotulagem de Eficiência Hídrica de Equipamentos
             Silva Afonso – ANQIP - Associação Nacional para a Qualidade nas Instalações Prediais

15:30 – Testemunho Empresarial – Soluções de Sustentabilidade
             Bruno Carmo– Grundfos

16:00 – Debate

16:15 – Coffee Break

PAINEL II – ECO-INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL

16:30 – Estratégia para o Crescimento Verde
             MAOTE - Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia*

16:50 – Projeto Ecoprodutin - Produtividade na Indústria pela Eco-inovação
             Mª Conceição Vieira –- Consultora da AEP no projeto Ecoprodutin

17:30 – Testemunho Empresarial
             Carlos Brandão–- Chartron

17:50 – Debate

18:10 – Encerramento

*A confirmar

Local: AIDA - Aveiro

Participação gratuita com inscrição obrigatória

Missão Empresarial ao Canadá

De 24.05.2015 a 30.05.2015
  • Qualificação|Internacionalização PME , Missão Empresarial

Esta missão tem por objetivo possibilitar às empresas Portuguesas o estabelecimento de contactos com empresas canadianas, através de reuniões previamente agendadas.

A AEP, no âmbito do seu projeto Business on the way 2015, vem por este meio informar que está a promover uma missão empresarial ao Canadá, através do financiamento QREN, que irá decorrer de 24 a 30 de maio de 2015 e irá concentrar-se na zona de Toronto.

O Canadá tem uma infraestrutura de ponta, excelentes oportunidades de mercado e um sólido ambiente de negócios. É o país mais bem colocado na Organização para Cooperação Económica e Desenvolvimento - OCDE - tanto pelo menor número de procedimentos quanto pelo menor tempo de duração para conclusão (3 dias) do processo de estabelecimento de um negócio comercial ou industrial, de acordo com o Grupo Banco Mundial, sendo atualmente a 11ª maior economia do mundo, e uma das economias mais desenvolvidas, aberta e muito competitiva, com um elevado nível de vida. É um país versátil e multicultural, catalogado como um dos mercados mais ricos do mundo e reconhecido internacionalmente pelo seu avanço tecnológico.

Apesar dos riscos óbvios de determinadas previsões a médio prazo, pode-se inferir que a economia canadiana continua a demonstrar uma estabilidade bastante maior, quando comparada com a economia dos EUA. Sendo um mercado recomendável para uma aposta no fomento das exportações portuguesas, onde tem pouca expressão, nomeadamente nos seguintes sectores: Produtos alimentares e vinhos, cortiça, materiais de construção, máquinas e equipamentos, indústria farmacêutica, como podem também existir potencialidades de cooperação empresarial e desenvolvimento de parcerias em outras áreas, particularmente na biotecnologia, tecnologias de informação e comunicação e nas energias renováveis.

A “Missão Empresarial ao Canadá” tem por objetivo possibilitar às empresas Portuguesas o estabelecimento de contactos com empresas canadianas, através de reuniões previamente agendadas.

Através da Missão apresentada, as empresas portuguesas terão também a possibilidade de, in loco, perceber as potencialidades que o Canadá poderá proporcionar aos vários sectores de atividade, fazendo assim uma prospeção de mercado.

Ação com financiamento no âmbito do QREN, a 45% dos custos elegíveis.

Inscrições limitadas e aceites por ordem de chegada.

Para qualquer informação adicional, poderá contactar:
AEP Internacionalização
Sandra Silva
Gestora de Mercados Internacionais
Telf: +351 22 998 17 87; / Tlm: 91 970 88 34; Fax:+351 22 998 17 74 ou através do E-mail: sandra.silva@aeportugal.pt

Missão Empresarial ao Chile

De 24.05.2015 a 30.05.2015
  • Qualificação|Internacionalização PME , Missão Empresarial

A ANEME, com a colaboração e apoio local da AICEP, está a preparar uma Missão Empresarial ao Chile. O programa da missão inclui uma reunião de apresentação do mercado e a preparação de uma agenda personalizada de contatos com empresas locais.

Inscrições até dia 2 de abril.

A ANEME, com a colaboração e apoio local da AICEP, está a preparar uma Missão Empresarial ao Chile – Santiago do Chile, para o período de 24 a 30 de maio de 2015.

O Chile é um país estável, seguro, de baixo nível de corrupção, com um sistema financeiro desenvolvido, uma economia aberta, uma taxa de crescimento média superior a 5 por cento, um regime de investimento estrangeiro favorável e tratados de livre comércio com quase todo o Mundo, tornando-se assim um “País Plataforma” pelo facto de ser uma porta de fácil acesso a outros mercados como o Brasil e EUA.

Existem grandes oportunidades de negócio para as empresas Portuguesas salientando-se os seguintes setores:
•Construção Civil e Obras Públicas
•Materiais de construção
•Energia (renováveis) e Ambiente  
•Tecnologias de Informação e Telecomunicações
•Máquinas, Equipamentos e Moldes
•Estruturas Metálicas e Manutenção
•Plásticos e Embalagens
•Mineiro e Florestal
•Agroindustrial

O programa da missão, que será oportunamente divulgado, inclui uma reunião de apresentação do mercado e a preparação de uma agenda personalizada de contatos com empresas locais, contando sempre com o apoio local da ANEME e da AICEP.

Conheça as condições de participação e inscreva-se até dia 2 de abril, contactando a ANEME (vitor.filipe@aneme.pt ou aneme@aneme.pt).

Missão Empresarial Login>PT Moçambique

De 03.05.2015 a 08.05.2015
  • Acções Colectivas , Missão Empresarial , Macau

A ANETIE, no âmbito do seu plano de Missões de Internacionalização, apoiado pelo COMPETE, previsto para 2015, continua a desenvolver os projectos e as parcerias mais vantajosos e com elevadas oportunidades para as Empresas do Sector TICE Português.

As inscrições estão abertas até dia 24 de abril.

A ANETIE - Associação Nacional de Empresas de Tecnologias de Informação e Electrónica, no âmbito do seu plano de Missões de Internacionalização previsto para o período 2014-2015, continua a desenvolver os projectos e as parcerias mais vantajosos e com elevadas oportunidades para as Empresas do Sector TICE Português.

A ANETIE oferece-lhe agora a oportunidade de participar na Missão Empresarial a Moçambique com os seguintes benefícios:
o   Viagem e estadia até 5 noites
o   Participação como expositor na MOZTECH
o   Participação como orador no Seminário Corporativo Login>PT
o   Produção de material de marketing (Roll Up; Monofolha);
o   Encontros empresariais e institucionais com entidades de referência local

A ANETIE convida-o assim a participar na Missão LOGIN>PT Moçambique, a realizar entre os dias 3 e 8 de maio de 2015.
 
Benefícios

- Viagem e estadia até 5 noites em cada mercado;
- Participação no Seminário Corporate Login>PT;
- Articulação com a acção promocional ROADSHOW PAVILHÃO AMANHÃ;
- Produção de Material de Marketing (Roll Up; Monofolha);
- Exposição de materiais promocionais e soluções;
- Encontros empresariais e institucionais com entidades de referência local.

Dia Mundial da Propriedade Intelectual e Final Nacional do Concurso “Isto é uma Ideia” 2015

De 27.04.2015 a 27.04.2015
  • Acções Colectivas

Premiar os jovens empreendedores do projeto Pense Indústria Nova Geração.



Local
CENTIMFE
Rua de Espanha Lote 8, Zona Industrial,, Marinha Grande, 2431-904

 

Isto é uma Ideia
O concurso "Isto é uma Ideia", desenvolvido em parceria com o INPI - Instituto nacional de Propriedade Industrial, dinamiza a descoberta de jovens empreendedores com ideias inovadoras.

Promovido pelos Centros Tecnológicos de Portugal, o concurso "Isto é uma Ideia" premeia a criatividade dos jovens lançando-lhes o desafio decriar um produto novo e comercializável, simulando todas as fases do ciclo industrial, utilizando as novas tecnologias e os conhecimentos adquiridos nas sessões, não esquecendo nunca os conceitos associados de defesa da propriedade inteletual.

Este concurso tem também uma componente nacional, já que a equipa vencedora dentro de cada centro irá competir numa grande final com os restantes vencedores dos outros centros.

Conferência de Apresentação do Prémio Healthy Workplace - Locais de Trabalho Saudáveis

De 24.04.2015 a 24.04.2015
  • Conferência

Evento gratuito com inscrição obrigatória que terá lugar na AEP - Leça da Palmeira.

Esta iniciativa é mais um contributo da OPP (Ordem dos Psicólogos Portugueses) para o incentivo e a divulgação das melhores orientações e práticas que se desenvolvem em Portugal no que diz respeito à segurança, à saúde e ao bem-estar ocupacional e enquadra-se no âmbito da parceria com a EU-OSHA (Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho) e a ACT (Autoridade para as Condições do Trabalho), contando com o apoio da DGS (Direção Geral de Saúde), do IEFP (Instituto de Emprego e Formação Profissional), da AEP (Associação Empresarial de Portugal), da CCP (Confederação do Comércio e Serviços de Portugal), da Revista Pessoal e com o alto patrocínio do Ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social.


Horário: 9:00 - 13:15

Local: AEP - Leça da Palmeira
 
Contacto: Maria Cristina Ferreira | 22 998 17 53 | inscricoes.formacao@aeportugal.com

Evento gratuito, com inscrição obrigatória

Programa



9h00 - Receção dos participantes

 9h30 – Sessão de Abertura
 . Telmo Mourinho Baptista, Bastonário da Ordem dos Psicólogos Portugueses
 . Pedro Pimenta Braz, Inspetor Geral da Autoridade para as Condições do Trabalho
 . António Pêgo, Diretor da Área de Formação e Conhecimento da AEP

 10h15 – Conferências
 - “Riscos Psicossociais: Prevenir para ganhar”
. Samuel Antunes, Vice Presidente da Ordem dos Psicólogos Portugueses
- “A Gestão dos Riscos Psicossociais em contexto Laboral: Campanha Europeia 2014-2015”
. Emília Telo, Autoridade para as Condições do Trabalho

- “O Papel da Liderança na Saúde Organizacional”
. Saul Neves de Jesus, Universidade do Algarve

 11h45 – Coffee Break

 12h00 – Práticas
- “Prevenção dos Riscos Psicossociais: Uma abordagem organizacional e de gestão”
. Aguiar Coelho, Administrador do IPO Porto
- “Avaliação e Intervenção em Riscos Psicossociais: A experiência da Yazaki Saltano”
. Cristina Almeida, Diretora da Qualidade, Ambiente, Saúde e Segurança da Yazaki Saltano

 13h00 – Apresentação do Prémio Healthy Workplaces
. Samuel Antunes, Vice Presidente da Ordem dos Psicólogos Portugueses

 13h15 – Debate e Encerramento

Seminário | A importância da Força Motriz e Sistemas Auxiliares para a Eficiência Energética

De 23.04.2015 a 23.04.2015
  • Acções Colectivas , Seminário

A AEP no âmbito dos projeto Efinerg, realiza um seminário no qual  se abordará a importância dos sistemas térmicos na eficiência energética da Indústria.

A sessão decorrerá no Centimfe - Marinha Grande


Programa

16:15 – Receção aos Participantes

16:30 – Sessão de Abertura e Boas Vindas
             Eugénia Castro de Sousa – AEP Projetos

16:35 – Contributos do projeto Efinerg para a Eficiência Energética
             Paulo Calau, ADENE

16:50 – A importância da Força Motriz e Sistemas Auxiliares para a Eficiência Energética
             José Salvador, Atlas Copco (ar comprimido)

17:10 – Testemunho Empresarial – Casos Práticos
 
17:25 – Forum Efinerg
             Daniel Fonte, consultor  no Projeto Efinerg II

17:35 – Eficiência Energética em PME´s- Experiência da EDP

17:50 – Debate

18:15 - Encerramento


Horário: 16:15-18:15

Local: Centimfe - Marinha Grande

Contacto: projetos.especiais@aeportugal.com


Participação gratuita com inscrição obrigatória

Seminário: Sucessão nas Empresas

De 21.04.2015 a 21.04.2015
  • Acções Colectivas

A sessão, de inscrição gratuita, terá lugar na AIRV - Viseu.

Enquadramento

Num tempo que se anuncia de recuperação económica, há tarefas inadiáveis na agenda empresarial portuguesa. A sucessão e a transmissão da propriedade são dois tópicos incontornáveis dessa agenda. Basta atentar em alguns dos acontecimentos mais marcantes da atualidade nacional.

A AEP – Associação Empresarial de Portugal há muito que dá atenção a estas questões e quer aprofundar o debate com todos aqueles que, sucessores ou sucedidos, não ignoram o que o país espera das nossas PME e estão disponíveis para participar na regeneração do tecido empresarial português.

O futuro não espera e a sustentabilidade da nossa economia passa, cada vez mais, pela iniciativa daqueles que o sabem preparar a tempo. Participe neste seminário. O assunto interessa-lhe.

Programa

17h00  Abertura
            Carlos Marta, Presidente da AIRV – Associação Empresarial da Região de Viseu
            Branca Pereira, AEP - Associação Empresarial de Portugal
      
17h20  Empresas Familiares – O Desafio da Sucessão
            Boas Práticas
            Mónica Quinta, Consultora do Projeto
      
17h45  Transmissão Intergeracional
            Painel
            Moderador: Mónica Quinta, Consultora do Projeto
            Testemunho Empresarial
            Telles de Abreu e Associados
            ISPC

18h30 Encerramento

Local
AIRV - Edifício Expobeiras, Parque Industrial de Coimbrões, Viseu

Contacto
projetos.especiais@aeportugal.com

Missão Empresarial ao Luxemburgo

De 20.04.2015 a 22.04.2015
  • Qualificação|Internacionalização PME , Missão Empresarial

Esta missão tem por principal objetivo proporcionar à empresas um conjunto de reuniões bilaterais de negócio com entidades oficiais e com potenciais parceiros e clientes locais. Faça a sua inscrição até 10 de março.

A Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa e a CIEP organizam, em parceria com a Associação Empresarial Portuguesa (AEP), uma Missão Empresarial ao Luxemburgo. Esta missão, que vai decorrer de 20 a 22 de abril de 2015, tem por principal objetivo proporcionar à empresas um conjunto de reuniões bilaterais de negócio com entidades oficiais e com potenciais parceiros e clientes locais.

O Luxemburgo tem uma das economias mais dinâmicas e abertas da União Europeia. Em 2013, o PIB cresceu de 2 por cento e em 2014 as previsões apontam para +2,9 por cento. Com uma produtividade acima da média europeia, uma baixa taxa de desemprego (ca. 7 por cento) e uma gestão das finanças públicas muito rigorosa (a dívida pública é hoje de cerca de 20 por cento do PIB), o Luxemburgo conta com um alto nível de vida e é um dos poucos países da UE que conserva até hoje o famoso Triple A outorgado pelas agências de rating.

Caracterizado pelo seu alto desempenho em termos de qualidade e eficiência, e onde o ambiente de negócios é realmente global, o país beneficia do facto de estar situado no núcleo económico e político da EU, tendo também por característica proeminente ser o centro de uma da Regiões mais integradas da Europa (Saar-Lor-Lux, 11 milhões de consumidores), na qual não existem fronteiras económicas, nem demográficas.

Outro atributo importante é a congregação das culturas latina e germânica que ali se combinam, uma vantagem estratégica para qualquer firma do Sul da Europa ali implantada.

Além disso, num país onde se vive quotidianamente a globalização económica e onde se falam correntemente pelo menos quatro línguas, a forte presença de emigrantes portugueses e luso-descendentes (ca. de 20 por cento da população), é um benefício indubitável para qualquer empresa portuguesa que deseje explorar este mercado.

São identificados alguns sectores com potencial para as empresas portuguesas, nomeadamente: logística, eletrónica, setor aeroespacial, componentes e eco tecnologias, biotecnologias, ciências da vida, indústria química, farmacêutica e metalo-mecânica, sector financeiro, ICT, medias e retalho. Também os novos materiais e tecnologias de construção sustentável, o sector do vidro têm vindo a merecer especial atenção, bem como o setor agro-alimentar pela enorme diáspora portuguesa existente neste país.

Será prestado um acompanhamento personalizado às empresas participantes nesta Missão Empresarial, no período pré e pós Missão.

As empresas participantes poderão beneficiar de financiamento no âmbito do projecto QREN.

 

Fonte: Aicep

Missão Empresarial à África do Sul

De 19.04.2015 a 26.04.2015
  • Qualificação|Internacionalização PME , Missão Empresarial , África do Sul

Já se encontram abertas as inscrições para a “Missão Empresarial à África do Sul”, a realizar-se nas cidades de Joanesburgo e Cidade do Cabo.

As inscrições estão abertas até dia 15 de março.

A AEP - Associação Empresarial de Portugal, tem vindo a apostar na identificação de novos mercados e oportunidades de negócio com o objetivo de apoiar as empresas no seu processo de diversificação de mercados e conquista de quotas internacionais. Assim, no âmbito do Projeto Business On The Way, encontra-se a promover a “Missão Empresarial à África do Sul”, a realizar-se entre 19 e 26 de Abril de 2015 nas cidades de Joanesburgo e Cidade do Cabo.

A África do Sul possui atualmente a economia mais desenvolvida do continente africano, representando cerca de 25% do PIB do continente. Sendo um dos poucos países do continente africano que conta com uma economia diversificada, alicerçada essencialmente nos setores da indústria, serviços, agricultura e extrativismo. Ocupa a condição de um dos países mais ricos e industrializados de África, a par da Nigéria, contando com um grande volume de investimentos de capitais internacionais.

País formado aproximadamente por 49 milhões de pessoas, distribuídas numa área de 1.223.201 km2, com um subsolo constituído por uma grande quantidade de minérios, e destacando-se pela produção de carvão mineral, ferro, cobre, diamante, ouro e urânio, riquezas essas fundamentais para o seu forte desenvolvimento industrial. Destaca-se, por outro lado, pela produção de energia elétrica, impulsionada pelo rio Orange.

A economia sul-africana está por isso ligada à indústria, sendo Joanesburgo e Cidade do Cabo os principais centros urbanos e que consequentemente promovem a concentração dessas indústrias.
Após uma ação no país em Março de 2014, a AEP proporciona às suas empresas uma nova investida a este mercado, no sentido de consolidar as relações entre os dois países.

Assim, a “Missão Empresarial à África do Sul” tem como objetivo possibilitar às empresas Portuguesas o estabelecimento de contatos com empresas das principais cidades da África do Sul, através de reuniões previamente agendadas. Serão também proporcionados encontros com outras entidades selecionadas de acordo com o perfil de cada participante. Esta ação é aberta a todos os setores de atividade. Através da Missão apresentada, as empresas portugueses terão a possibilidade de, in loco, perceber as potencialidades que estes países proporcionam nos vários setores de atividade, fazendo assim uma prospeção de mercado.

Aceda ao Formulário de Inscrição. Ação com financiamento no âmbito do COMPETE,  a 45% dos custos elegíveis.

Consulte as Condições de Participação. http://www.aeportugal.net/sgn/enews/nbownews1/xnews/condicoes.php?nls=NBOW201503

- Prazo de inscrição: até ao dia 15 de março de 2015. Inscrições limitadas e aceites por ordem de chegada.

Para qualquer informação adicional, poderá contactar:
AEP - Associação Empresarial de Portugal
Internacionalização e Promoção Externa
Filipe Almeida
Gestor de Mercado de África
Tel.: 22 998 17 76; Tlm.: 96 462 60 25; Fax: 22 998 17 74 ou através do E-mail: fdalmeida@aeportugal.com

Missão Empresarial a Angola

De 19.04.2015 a 25.04.2015
  • Qualificação|Internacionalização PME , Missão Empresarial , África do Sul

A missão visa apoiar e acompanhar um conjunto de empresas, sobretudo PME, proporcionando-lhes reuniões bilaterais, previamente agendadas, de acordo com os interesses específicos de cada empresa.

As inscrições estão abertas até dia 16 de março.

A AIDA - Associação Industrial do Distrito de Aveiro vai realizar uma Missão Empresarial a Angola, Luanda, com data prevista para o período de 19 a 25 de Abril de 2015. Esta Missão encontra-se integrada no Projecto Conjunto da AIDA, Projecto INTEX, aprovado ao abrigo do Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME, pelo que beneficiará de co-financiamento no âmbito do mesmo.

Em caso de aprovação, as empresas que reunirem os requisitos obrigatórios, de acordo com o expresso nas condições de participação, serão reembolsadas, até ao máximo de 45% das despesas elegíveis para PME's.

Não obstante a actual situação económica (diminuição do preço do petróleo e dificuldades financeiras), perspectiva-se que o país vai continuar a crescer nos próximos 10 a 15 anos, sendo um mercado de futuro, facto que os empresários portugueses devem ter em conta e ao qual devem estar atentos, não deixando que outros países conti¬nuem a conquistar quota de mercado, ultrapassando Portugal.
Portugal e as empresas da região de Aveiro, têm condi¬ções para manter uma posição de re¬levo económico em Angola, apostando neste país inclusivamente como plata¬forma para atingir os mercados africa¬nos circundantes.

A acção contará com o apoio logístico de entidades locais e visa apoiar e acompanhar um conjunto de empresas, sobretudo PME, proporcionando-lhes durante o período de estadia reuniões bilaterais, previamente agendadas, de acordo com os interesses específicos de cada empresa.


Prazo de inscrição: até ao dia 16 de Março de 2015. Inscrições limitadas e aceites por ordem de chegada, através do envio da Ficha de Inscrição, devidamente preenchida e assinada e pagamento de 50% do valor da inscrição.

Missão Empresarial à Colômbia

De 19.04.2015 a 24.04.2015
  • Qualificação|Internacionalização PME , Missão Empresarial , África do Sul

A AIDA encontra-se a preparar um Missão Empresarial à Colômbia que incluirá a visita à Feira Tektónica - Expoconstrucción Y Expodiseño.

Inscrições até 13 de abril.

A AIDA - Associação Industrial do Distrito de Aveiro, encontra-se a preparar um Missão Empresarial à Colômbia no período de 18 a 23 de Maio de 2015, a qual irá coincidir com a 13ª edição da Feira Tektónica - Expoconstrucción Y Expodiseño (19 a 24 de Maio), que promove o sector da construção, nomeadamente arquitectura, infra-estruturas, materiais de acabamento, energia, climatização, ferramentas, maquinaria e equipamentos, automatismos e segurança, design de interiores, entre outros sectores.

A acção realizar-se-á ao abrigo do Projecto INTEX, financiado pelo QREN, pelo que sendo uma acção financiada, as empresas que reunirem os requisitos obrigatórios, de acordo com o expresso nas condições de participação, serão reembolsadas, até ao máximo de 45% das despesas elegíveis para PME's.

A Colômbia é a quarta maior economia da América Latina e a vigésima nona maior economia do mundo, em termos de PIB, sendo o terceiro País mais populoso da América Latina. O Governo colombiano continua a apostar em 5 motores principais para estimular o crescimento da economia do País: indústrias extrativas; agricultura, infraestruturas; construção da habitação e inovação tecnológica. O País é o terceiro exportador de petróleo para os Estados Unidos. É também um dos Países mais ricos em recursos naturais da América do Sul.


Relativamente aos sectores de oportunidade para as empresas da região de Aveiro, transversais a praticamente todos os sectores de actividade, podemos salientar os sectores ligados à saúde (equipamentos médicos, dispositivos médicos e material hospitalar); materiais de construção, sector automóvel, automação industrial, alimentação, maquinaria industrial e produtos de cosmética, entre outros.

Recentemente, tem-se assistido a uma aproximação no desenvolvimento das relações económicas com Portugal, no sentido de incentivar as empresas portuguesas a aproveitarem as imensas oportunidades aí existentes.

A Missão Empresarial à Colômbia tem por objetivo possibilitar às empresas portuguesas o estabelecimento de contactos com empresas locais, através de reuniões previamente agendadas, bem como terem a oportunidade de visitarem a TEKTÒNICA, ficando a conhecer e perceberem as potencialidades que este país proporciona nos vários sectores de actividade, efectuando assim uma prospeção de mercado.

Prazo de inscrição: até ao dia 13 de Abril de 2015. Inscrições limitadas e aceites por ordem de chegada, através do envio da Ficha de Inscrição, devidamente preenchida e assinada.

ASA – ANJE Startup Accelerator

De 13.04.2015 a 26.04.2015
  • Acções Colectivas , Seminário

O ASA – ANJE Startup Accelerator é um programa de aceleração promovido pela ANJE que apresenta uma combinação inovadora de metodologias com provas dadas em programas de empreendedorismo internacionalmente reconhecidos com metodologias de estímulo à criatividade.

O ASA – ANJE Startup Accelerator é um programa de aceleração promovido pela ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários que apresenta uma combinação inovadora de metodologias com provas dadas em programas de empreendedorismo internacionalmente reconhecidos com metodologias de estímulo à criatividade. Tendo uma duração prevista de seis semanas, o ASA potencia desta forma quer as hard e soft skills dos empreendedores, quer as valências dos seus projectos, sempre em ambientes desafiantes.



OBJETIVOS

  1. Potenciar o aparecimento de start-ups que desenvolvam atividades de elevada intensidade tecnológica;
  2. Fomentar e apoiar a atividade empreendedora de base tecnológica, nomeadamente, através da criação de novas empresas de base tecnológica em Portugal e com potencial de internacionalização em todas as áreas;
  3. Promover e apoiar o empreendedorismo junto da comunidade académica, criando e/ou reforçando condições para a promoção de uma cultura voltada para a inovação, em geral, e para a inovação tecnológica, em particular, e sensibilizar os jovens para as vantagens do autoemprego;
  4. Estimular a promoção, criação e dinamização de redes de networking, de projeção nacional e internacional, que interliguem diferentes stakeholders (empreendedores, investidores, tecnólogos, académicos, incubadoras, lead users, etc.) e fomentem e catalisem oportunidades de cooperação sistemática e multidisciplinar;
  5. Testar e implementar ferramentas que permitam às start-ups adquirir maturidade e sustentabilidade por via da implementação de processos internos de inovação.



Destinatários

 

  1. Os candidatos deverão formar equipas de dois a três indivíduos, possuir idade igual ou superior a 18 anos e demonstrar intenção de criar uma empresa em Portugal, no âmbito territorial elegível definido pelo Aviso 01/SIAC/2010, ou seja, Norte, Centro e Alentejo;
  2. Só serão aceites no ASA os participantes que, cumprindo os requisitos referidos no ponto 1 do presente artigo, constituam, desde logo, equipas formadas por duas a três pessoas. Não serão, por conseguinte, aceites candidaturas individuais;
  3. Não poderão ainda candidatar-se ao ASA os parentes e afins em linha direta com o painel de avaliadores.


Prémios

A participação na fase três do ASA envolve a atribuição de prémios de instalação no valor global de 22 mil euros, a atribuir aos projetos que avancem com a criação da empresa em Portugal e demonstrem boa performance no decorrer do programa. O ASA prevê a atribuição de 10 prémios, o que significa que, se estas condições se aplicarem à totalidade das equipas, todas serão apoiadas. Ao prémio pecuniário juntam-se 24 meses de incubação numa das infraestruturas da rede ANJE, assim como um pacote de serviços que envolvem parceiros como Amazon Web Services, Microsoft Bizspark ou até instituições bancárias e outras entidades de financiamento.

Concurso de Ideias: Share Your Solution

De 09.04.2015 a 15.05.2015
  • Acções Colectivas , Outros

O Shared Waste Solutions é um concurso de ideias de design de produtos inovadores a partir de materiais e soluções que incorporem resíduos. O concurso é dirigido a todas as pessoas criativas que tenham uma ideia para transformar estes materiais e estas soluções em produtos.

A Plataforma Shared Waste Solutions – SWS – está a promover, juntamente com a LIPOR e a Sociedade Ponto Verde, o “Share Your Solution” (SYS). O SYS é um concurso de ideias de design de produtos inovadores a partir de materiais e soluções que incorporem resíduos. O concurso é dirigido a todas as pessoas criativas que tenham uma ideia para transformar estes materiais e estas soluções em produtos. As candidaturas são até 15 de Maio e há prémios monetários para as melhores ideias!
O regulamento, a ficha de inscrição e todas as restantes informações estão disponíveis no separador "Eventos".

As candidaturas, bem como qualquer dúvida acerca do concurso, devem ser encaminhadas para sws@itecons.uc.pt.

 

Enquadramento do Concurso
A Plataforma Plataforma Shared Waste Solutions (SWS) tem como objetivo principal estimular e divulgar a valorização sustentável de resíduos, agregando conhecimento e conciliando entidades fundamentais a este processo. Muito tem sido feito no sentido de identificar soluções que incorporem resíduos, nomeadamente pelas entidades do Sistema Científico e Tecnológico (SCT) nacionais, sendo crucial para o sucesso destas ações a identificação de potenciais aplicações e produtos que respondam a necessidades específicas do mercado. Com este concurso, pretende-se apelar ao engenho de pessoas criativas que estejam disponíveis para se envolverem na transformação destes materiais e destas soluções que incorporem resíduos em produtos. A imagem do concurso, juntamente com a informação disponível na Plataforma SWS (www.sws.uc.pt/sys), poderão servir de inspiração no processo criativo.


Objectivos
A SWS, desenvolvida pelo ITeCons, a TecMinho e a Universidade de Aveiro, através de um projeto aprovado no âmbito do Sistema de Apoio a Ações Coletivas, promove, juntamente com a LIPOR e a Sociedade Ponto Verde, o concurso de ideias designado "Share Your Solution", o qual tem como objetivo estimular o design de produtos inovadores a partir de materiais e soluções que incorporem resíduos.


Receção de candidaturas
A data limite para a receção de candidaturas é 15 de Maio de 2015, através do envio do Curriculum Vitae (CV) de cada um dos candidatos e o formulário preenchido, em formato pdf, disponível na plataforma SWS (www.sws.uc.pt/sys), para sws@itecons.uc.pt.


Júri
O Júri do concurso será composto por membros das seguintes entidades:
Fibrenamics;
ITeCons;
UAveiro;
Lipor;
Sociedade Ponto Verde;
Câmara Municipal de Guimarães;
CVR – Centro de Valorização de Resíduos.


Prémio
As três melhores propostas serão premiadas da seguinte forma:

  • Apresentação da proposta no Workshop SWS sobre a temática da Valorização de Resíduos, a realizar em maio de 2015;
  • Prémio monetário, no valor de 500 euros, para o primeiro classificado, patrocinado pela LIPOR;
  • Prémio monetário, no valor de 350 euros, para o segundo classificado, patrocinado pela Sociedade Ponto Verde;
  • Prémio monetário, no valor de 150 euros, para o segundo classificado, patrocinado pela Sociedade Ponto Verde.

4º Concurso TORRES INOV-E Centro Criativo

De 01.04.2015 a 30.04.2015

Iniciativa que se dirige a novos negócios ou constituídos há menos de um ano, com características inovadoras e diferenciadoras.

O TORRES INOV-E Centro Criativo é uma incubadora de empresas a céu aberto, que
pretende dinamizar e revitalizar o centro histórico de Torres Vedras, com projetos
empresariais que assentem no talento e na criatividade das pessoas. Dirige-se a novos
negócios ou constituídos há menos de um ano, com características inovadoras e
diferenciadoras.

Esta incubadora pretende estimular o empreendedorismo, promovendo a “ponte” entre
proprietários de imóveis desocupados e empreendedores, com o objetivo de motivar o
aparecimento de novos negócios com custos controlados para as start-up’s.

O acesso à incubadora TORRES INOV-E Centro Criativo agrega os seguintes serviços:

- Negociação de rendas crescentes e controladas com proprietários de espaços
desocupados;
- Domiciliação fiscal da sede social da empresa;
- Consultadoria de gestão e acompanhamento do negócio;
- Apoio e informação sobre candidaturas e financiamento;
- Workshops e/ou cursos de formação profissional;
- Benefícios nos serviços prestados pelos nossos parceiros;
- Dinamização de eventos que potenciem o networking;
- Interligação com o Gabinete de Apoio às Empresas da Câmara Municipal de Torres
Vedras e o respetivo Portal de Negócios;

O regulamento e formulário de candidatura podem ser consultados em: torresinove.estufa.pt

Mais informações através do email torres.inov-e@estufa.pt ou 925 204 267.


Enquadramento
TORRES INOV-E é um programa orientado para o acolhimento de propostas de negócios assentes em ideias novas e diferenciadoras ou capazes de reinventar negócios já existentes, criado pela Associação Estufa – Plataforma Cultural e pela Câmara Municipal de Torres Vedras.

O TORRES INOV-E faz uma clara aposta na Economia Baseada no Conhecimento, isto é, numa economia pós-industrial em que o capital tem base intelectual (capital humano) que a prazo se tornará numa nova indústria estratégica da Região e contaminará positivamente o restante tecido empresarial e a sua dinâmica, acrescentando competitividade ao Concelho de Torres Vedras.

Sustentado na Qualidade de Vida do concelho (mar e campo), na sua proximidade geográfica à capital (apenas 30 minutos) e no facto de sermos o primeiro concelho a norte de Lisboa contemplado no Quadro Comunitário de Apoio 2014-2020, o TORRES INOV-E quer atrair e reter talentos na Região e potenciar e diversificar os seus motores de desenvolvimento socioeconómico.

Os principais objetivos do TORRES INOV-E são:
- Estimular o ecossistema empreendedor no Concelho de Torres Vedras;
- Revitalizar o Centro Histórico da Cidade de Torres Vedras, promovendo a ponte
entre empreendedores e proprietários de imóveis devolutos ou desocupados;
- Motivar o aparecimento de novos negócios num conceito de incubação a céu
aberto, com custos controlados para as start-up’s;
- Atrair negócios para o concelho;
- Contribuir para a criação na Região de um cluster estratégico assente no
conhecimento e no talento das pessoas, que potencialmente se venha a
constituir como um dos seus motores de desenvolvimento socioeconómico;
- Acrescentar competitividade ao ecossistema empresarial do Concelho de Torres
Vedras por via do potencial envolvimento e efeito contaminador das indústrias
culturais e criativas, das TIC’s e da I&D aos restantes sectores económicos.

O TORRES INOV-E subdivide-se em três eixos:
TORRES INOV-E Centro Criativo
TORRES INOV-E +Negócios
TORRES INOV-E Nuvem

Destinatários
O TORRES INOV-E Centro Criativo dirige-se a novas empresas, ou a empresas constituídas há menos de um ano, que estejam interessadas em lançar negócios com características inovadoras e diferenciadoras no Centro Histórico da Cidade de Torres Vedras.

Apresentação de Candidatura e Avaliação
Apresentação de candidatura ao TORRES INOV-E Centro Criativo processa-se do seguinte modo:

  • Mediante abertura de concurso, utilizando formulário próprio disponível no site torresinov-e.estufa.pt e enviado via email para torres.inov-e@estufa.pt;
  • A candidatura processa-se por fases, cujos períodos e condições específicas de cada fase são definidos e comunicados no site torresinov-e.estufa.pt;
  • Os critérios de avaliação das candidaturas são:
  1. Âmbito e natureza do projeto;
  2. O mérito inovador e diferenciador da proposta;
  3. Razoabilidade e exequibilidade do projeto apresentado;
  4. Capacidade de implementação por parte do promotor ou equipa promotora;
  5. Contribuição para uma maior competitividade do Concelho de Torres Vedras;
  6. Sustentabilidade financeira e potencial de crescimento;
  7. Produto e/ou serviço com caráter global, que permita alavancar a sua comercialização;
  8. Criação de postos de trabalho e relação com a realidade da região;
  9. Criação de sinergias com a comunidade (empresas e/ou população).


O QUE QUEREMOS?

Projetos empresariais que assentem no talento e na criatividade das pessoas.

QUEM PODE CONCORRER?
Novos projetos ou negócios constituídos há menos de um ano, com caraterísticas inovadoras e diferenciadoras.

O QUE OFERECEMOS?

- Negociação de rendas crescentes e controladas com proprietários de espaços desocupados;
- Domiciliação fiscal da sede social da empresa;
- Consultadoria de gestão e acompanhamento do negócio;
- Apoio e informação sobre candidaturas e financiamento;
- Workshops e/ou cursos de formação profissional;
- Benefícios nos serviços prestados pelos nossos parceiros;
- Dinamização de eventos que potenciem o networking;
- Interligação com o Gabinete de Apoio às Empresas da Câmara Municipal de Torres Vedras e o respetivo Portal de Negócios.